Araxá poderá ter três candidatos a deputado federal
Política

Araxá poderá ter três candidatos a deputado federal

Araxá poderá ter três candidatos a deputado federal

Pedrinho da Mata, Lídia Jordão e Mauro Chaves.

Pedrinho da Mata, Lídia Jordão e Mauro Chaves Foto: Divulgação

Com o fim do prazo para as filiações partidárias, Araxá poderá ter três candidatos a deputado federal. Na sexta-feira o policial aposentado Mauro da Silveira Chaves deixou o PSDB e se filiou ao Partido Republicano da Ordem Social – PROS.  A vice-prefeita Lídia Jordão saiu do PP e se filiou ao PEN – Partido Ecológico Nacional. O empresário Pedrinho da Mata trocou o PHS pelo Partido Trabalhista Cristão – PTC.

A vice-prefeita informa que se desligou da Secretaria de Ação e Promoção Social desde o dia 2 de abril  e vai ser candidata nas eleições de outubro. Professora universitária e advogada, Lídia tem 61 anos, é natural de Ribeirão Preto, mora há mais de 30 anos em Araxá, é casada e tem um filho.  Revela que mudou de partido e ainda não definiu se vai ser candidata a deputada federal ou estadual. Está aguardando a convenção partidária que deve acontecer a partir de junho.

Conta que depois da experiência na política como vereadora, entende a necessidade de Araxá estar presente nos cenários regional e nacional. “Não é o lançamento do meu nome e sim da comunidade de Araxá e da região. Esta será uma eleição atípica onde há também uma transição pelo momento político diferenciado que estamos vivendo. Existe uma necessidade de se pensar no bem público e isso passa por variáveis extremamente importantes que vão desde a verdade, a transparência, a preocupação com a educação, a saúde e o social que  são segmentos que eu tenho uma experiência de vida”, ressalta.

Lídia reforça que trabalha com educação há quase 40 anos como professora universitária, conhece as necessidades da população na área de saúde, teve a experiência do social. Entende que precisa levar até a comunidade o que a comunidade precisa e esses três segmentos são obrigações de estado. Sobre o número de votos para ser eleita  Lídia explica que na última eleição o PEN elegeu um deputado federal com 50 mil votos e um estadual com 30 mil votos. Mas ainda é cedo pra falar em números porque faltam outras definições, uma delas é saber se o partido fará coligações.

A vice-prefeita comenta que Araxá pode sim ter mais de um candidato a deputado federal. “Se eu não me candidatar porque tem candidato de fora, porque vai ter mais um ou porque já temos um deputado, nunca vamos fazer deputado por Araxá. Tivemos eleições em que os votos de Araxá proporcionaram a eleição de mais de um candidato. O eleitor é que vai fazer a escolha dele pela proposta, pelo conhecimento,  pelo trabalho, pela vontade de se colocar a disposição da comunidade. Nesta eleição a mulher também terá um papel diferenciado. A mulher precisa se posicionar como candidata. Não é questão de mulher votar em mulher e sim de mulher se colocar como candidata. Estou colocando  meu nome a disposição da comunidade na condição de ser mãe, mulher, filha, companheira,  profissional que trabalha pela comunidade, trabalha na educação, conhece a saúde, conhece o social, que sabe das demandas da nossa comunidade e coloca o seu nome com a intenção de fazer o melhor que puder pela comunidade”, finaliza.

O policial aposentado Mauro da Silveira Chaves, também será candidato a deputado federal por Araxá. Ele tem 50 anos, é natural de Belo Horizonte, mas mora em Araxá há mais de 23 anos. É casado e três dos quatro filhos nasceram em Araxá. Mauro conta que após o resultado da eleição na campanha para prefeito de Araxá, teve a grata surpresa de ter votação expressiva e viu que estava em aberto o cargo de deputado federal. Percebeu que com a soma de esforços fora de Araxá conseguiria uma votação suficiente. Também levou em consideração o respeito ao deputado estadual Bosco quer já havia manifestado seu desejo de buscar a reeleição no cargo.

Revela que a mudança de partido se deu para potencializar sua candidatura. No PROS ele precisa de 40 a 50 mil votos para se eleger como deputado federal, enquanto no PSDB seriam necessários uns 90 mil votos.

Mauro adianta que a expectativa é muito positiva. Está trabalhando com lideranças de 23 cidades onde trabalhou ou tem vínculo familiar, conta ainda com o apoio de entidades classistas da área de segurança pública no Alto Paranaíba, no norte de Minas e na região metropolitana de Belo Horizonte. “Além de projetos que beneficiam a população de um modo geral, pretendo trabalhar em prol dos operadores de segurança pública e do fortalecimento das instituições policiais. Defendo todas as bandeiras que visam o combate à criminalidade. Entendo que muitas leis estão obsoletas, incompatíveis com a realidade e precisam de ajustes. Vou atuar pela redução da maioridade penal, pelo aumento da pena para crimes graves como o tráfico de drogas, pela mudança na lei de execução penal e vou buscar celeridade no julgamento dos recursos buscando ações para melhorar isso”, revela.

Sobre a possibilidade de três candidaturas para deputado federal por Araxá, Mauro comenta que isso dificulta ainda mais o processo que já é complicado.  “Quando me lancei candidato a deputado federal busquei um projeto que fosse interessante para a cidade de Araxá e para a região, não pra mim especificamente. Acredito que Araxá tem colégio eleitoral para eleger dois deputados estaduais, mais de um federal fica complicado, um pode atrapalhar o outro. Após a votação expressiva tendo mais de 23 mil votos na candidatura para prefeito de Araxá, pretendo ampliar para 30 mil votos e ainda buscarei mais 10 mil votos fora de Araxá. Sei que o momento político é delicado, mas vou apresentar meu currículo pessoal, político e profissional. Minha proposta é coerente com o momento, defendo a bandeira da segurança pública, quero mostrar que tenho capacidade para mudar isso. Vou mostrar para o eleitor através do meu currículo associado à necessidade de mudança na área de segurança”, finalizou.

Outro nome colocado como pré-candidato a deputado federal é o do empresário do setor de construção civil, comércio e varejo Pedrinho da Mata. Ele tem 48 anos, é natural de Campos Altos, mora em Araxá desde  os 7 anos de idade,  é casado e tem duas filhas. Professor universitário, ele também ocupa o cargo de diretor de Relações Institucionais no Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura – CREA de Minas Gerais.

Pedrinho informa que se filiou ao PTC para se candidatar a deputado federal e depois de passar pela convenção, deverá ser o candidato do partido, em Araxá. Revela ainda que o CREA busca uma representação a nível federal e ele foi indicado como representante do Conselho depois de concorrer com outros nomes. A expectativa é grande principalmente por saber que poderá contar com o grupo de pessoas que vai ajudá-lo a divulgar suas propostas, representando diretamente o segmento. Conta que disputa em pé de igualdade com qualquer outro candidato.

Como empresário, diz saber das dificuldades que o empreendedor passa e por isso acredita que precisa haver  uma reformulação muito rápida para que o país volte a andar. “Temos confiança de que a nossa participação será importante no sentido de discutir e buscar mudanças nas leis para que as pessoas possam investir e gerar empregos. Vamos trabalhar com conversa aberta, participação mútua e com essa perspectiva de mudança teremos força pra mostrar que alguma coisa precisa ser feita em relação à mudança eleitoral e legislativa. A intenção é demonstrar que tenho capacidade, conhecimento e comprometimento com o fazer. Tenho propósito bem definido, tenho um passado que demostra o que fiz com capacidade. Vamos conversar, respeitar cada um, mostrando que estamos ali pra ser uma boa opção”, completa.

Sobre três prováveis candidatos a deputado federal Pedrinho comenta que num colégio eleitoral de 70 mil eleitores, os votos ficam divididos e a população precisa ficar atenta. O PTC na eleição passada elegeu o segundo deputado com 50 mil votos e a expectativa é a mesma para este ano. Ressalta que não se pode impedir que os nomes sejam colocados por isso também está buscando votos  nas cidades onde prestou serviços com sua empresa de construção civil. Está no sistema CREA há um bom tempo, onde foi inspetor, conselheiro, coordenador do colégio de inspetores e teve oportunidade de  se relacionar com várias pessoas em diversas regiões do estado.  “Vamos conversar com as pessoas que nos conhecem para nos ajudar  no nosso propósito de ser deputado  federal e acima de tudo desenvolver aquele comprometimento que estamos vivendo agora que é de trabalhar, buscar uma renovação com capacidade de promover as mudanças das leis. Temos que respeitar a decisão de cada um e cabe à população avaliar, ver o propósito de cada um, discutir e fazer a sua escolha.  Estamos cientes de que a nossa preparação já foi feita e vamos nos colocar para o eleitor como um representante que tem  uma  vontade enorme de dar a sua contribuição em termo das mudanças necessárias que este país tanto precisa”, finalizou.

 

Portal Araxá- Anuncie aqui – Super banner
Política

Mais notícias da Categoria Política

Robson Magela busca informações sobre cancelamento de cirurgias eletivas na Santa Casa

Robson Magela busca informações sobre cancelamento de cirurgias eletivas na Santa Casa

Portal Araxá 20/04/2018
Casa de Nazaré inicia as Visitas do Projeto Líderes do Futuro em 2018

Casa de Nazaré inicia as Visitas do Projeto Líderes do Futuro em 2018

Portal Araxá 20/04/2018
Robson Magela pede a revitalização de praça localizada em bairro e apresenta reivindicações do Bosque dos Ipês

Robson Magela pede a revitalização de praça localizada em bairro e apresenta reivindicações do Bosque dos Ipês

Portal Araxá 19/04/2018
Robson Magela alerta os servidores da Prefeitura de Araxá para que lutem por seus direitos

Robson Magela alerta os servidores da Prefeitura de Araxá para que lutem por seus direitos

Portal Araxá 18/04/2018
Recomposição Salarial e Serviços Urbanos são comentados pelos Vereadores

Recomposição Salarial e Serviços Urbanos são comentados pelos Vereadores

Portal Araxá 18/04/2018
Prefeito anuncia novo secretário de Ação e Promoção Social

Prefeito anuncia novo secretário de Ação e Promoção Social

Portal Araxá 17/04/2018