CBMM emite nota à imprensa sobre suas barragens
Cidade

CBMM emite nota à imprensa sobre suas barragens

CBMM emite nota à imprensa sobre suas barragens

Comunicado à imprensa

 

A CBMM se solidariza com as vítimas e a comunidade da região de Brumadinho (MG), atingida pelo rompimento de barragens ocorrido em 25 de janeiro.

A Companhia possui 8 barragens, sendo uma para acumulação de água nova, 3 para contenção de sedimentos e 4 para disposição de rejeitos e resíduos.

Estas barragens foram projetadas por empresas especializadas, seguindo as melhores práticas de engenharia e contaram com o assessoramento de profissionais especializados de atuação nacional e internacional. Sete das barragens da CBMM foram projetadas e implementadas segundo o método “a jusante”. A Barragem 5 foi a única em que o método “a montante” foi utilizado. Esta barragem possui 85 metros de altura dos quais 75 metros foram construídos a jusante e 10 metros finais a montante. O seu reservatório encontra-se impermeabilizado na parte superior, evitando a entrada de água em seu corpo, e a área está em processo de descomissionamento, ou seja, de recuperação do solo e vegetação.

As barragens da CBMM passam por verificações técnicas periódicas realizadas pela Companhia com o apoio de consultores externos, com o objetivo de garantir a segurança dos projetos.

Durante a fase de implantação das barragens, as obras são conduzidas por uma equipe técnica própria e por empresas capacitadas. Ainda assim, com o objetivo de maximizar a segurança das estruturas das barragens e garantir que as premissas dos projetos sejam atendidas, a empresa projetista mantém uma equipe técnica em campo.

Na fase de operação, as barragens são permanentemente inspecionadas, monitoradas e passam por manutenções rotineiras, visando garantir o desempenho esperado e as suas condições de segurança asseguradas. O Corpo Técnico e a Administração da CBMM atuam de forma contínua para garantir que as melhores práticas sejam atendidas, buscando assim a segurança e a mitigação dos riscos.

A Política Nacional de Segurança de Barragens exige a elaboração do “Plano de Segurança de Barragens – PSB”, incluindo o “Plano de Ação de Emergência em Barragens – PAE”. Os PSB’s foram desenvolvidos e implementados para as barragens da CBMM. A legislação vigente exige a elaboração do estudo de ruptura hipotética, que concluiu não haver riscos para a Área Industrial da CBMM e nem fluxo de água e/ou rejeitos no sentido de Araxá e demais cidades.

Mais do que cumprir as legislações vigentes, a CBMM busca interagir de forma proativa com os órgãos, agentes públicos e membros da comunidade local, para maior entendimento sobre as operações e medidas adotadas pela Companhia na gestão de segurança de suas barragens.

Desta maneira, a Companhia reforça o seu compromisso com a segurança de suas barragens, de seus colaboradores, da comunidade e do meio ambiente, e segue investindo para que seu programa de gestão de barragens continue transparente e seguro.

PI 4726 | Banner Agosto | Pref. Municipal de Araxá
Cidade

Mais notícias da Categoria Cidade

Prefeitura divulga resultado preliminar do Processo Seletivo de Estagiários

Prefeitura divulga resultado preliminar do Processo Seletivo de Estagiários

Portal Araxá 15/08/2019
Candidatas ao Conselho Tutelar são apresentadas para a comunidade

Candidatas ao Conselho Tutelar são apresentadas para a comunidade

Portal Araxá 14/08/2019
Prefeitura já inicia preparativos para o Desfile de 7 de Setembro em Araxá

Prefeitura já inicia preparativos para o Desfile de 7 de Setembro em Araxá

Portal Araxá 13/08/2019
Reunião do CMDCA trata sobre período de campanha eleitoral para eleição do Conselho Tutelar

Reunião do CMDCA trata sobre período de campanha eleitoral para eleição do Conselho Tutelar

Portal Araxá 13/08/2019
Prefeitura apoia a realização do Mundial do Queijo do Brasil

Prefeitura apoia a realização do Mundial do Queijo do Brasil

Portal Araxá 12/08/2019
Prefeito prestigia III Congresso Brasileiro da Magistratura e do Ministério Público para o Meio Ambiente

Prefeito prestigia III Congresso Brasileiro da Magistratura e do Ministério Público para o Meio Ambiente

Portal Araxá 12/08/2019