ALMG – PI 048605
CBMM investe em startup britânica para acelerar negócios em baterias elétricas
Empresarial

CBMM investe em startup britânica para acelerar negócios em baterias elétricas

CBMM investe em startup britânica para acelerar negócios em baterias elétricas

Companhia adquiriu 13% da Echion Technologies, uma spin-off da Universidade de Cambridge, no Reino Unido

A CBMM, líder global em produtos de Nióbio, liderou a primeira rodada de investimentos na Echion Technologies, empresa britânica que desenvolve materiais avançados para baterias de íons de lítio. O aporte, realizado em conjunto com o fundo de investimento BGF, somou R$ 72 milhões de reais, e é mais uma iniciativa da companhia para consolidar sua liderança no desenvolvimento de tecnologias aplicadas para materiais de baterias com óxido de nióbio, o que deve revolucionar o setor de mobilidade elétrica em todo o mundo.

“Este investimento faz parte da nossa estratégia de acelerar tecnologias inovadoras. Pretendemos avançar ainda mais em direção à mobilidade sustentável, oferecendo baterias de carregamento ultrarrápido, que possuam maior estabilidade e vida útil. Estamos otimistas e acreditamos que esses novos produtos já estarão disponíveis no próximo ano”, explica Rodrigo Amado, Gerente de Estratégia e Novos Negócios da CBMM.

Rodrigo Amado, Gerente de Estratégia e Novos Negócios da CBMM

Juntas, CBMM e Echion pretendem desenvolver produtos com uma combinação única de capacidade de carregamento rápido, economia e alta densidade de energia, características essenciais para a transição energética mundial, ou seja, em sinergia com as tendências de descarbonização e de fomento à eletrificação.

Com esse investimento, a empresa britânica ampliará a produção desses novos materiais, que já foram avaliados e aprovados pelos principais fornecedores de células de baterias do mundo, aumentando sua capacidade de atendimento à crescente demanda para testes pré-produção. Os recursos também serão destinados ao fortalecimento do suporte ao cliente, para as operações comerciais e de P&D. “Estamos muito empolgados para iniciar a próxima etapa em nossa jornada e levar os produtos com óxido de nióbio ao mercado. Esperamos criar valor para nossos parceiros e contribuir para tornar as baterias de carregamento ultrarrápido uma realidade”, comenta Jean de La Verpilliere, CEO da Echion.

Jean de La Verpilliere, CEO da Echion

A CBMM acredita que o mercado de baterias elétricas se desenvolva significativamente nos próximos anos. Atualmente, a companhia conta com mais de 40 projetos com universidades, centros de pesquisa e empresas de todo o mundo, visando a aplicação de novas tecnologias com nióbio para este segmento. “Apenas este ano, vamos investir R$ 60 milhões em nosso Programa de Baterias, um aumento de cerca de 60% sobre os R$ 37 milhões aportados em 2020. Queremos elevar o protagonismo do nióbio neste setor”, destaca Amado.

Além disso, a CBMM investiu R$ 14 milhões em uma nova planta-piloto para o desenvolvimento de tecnologias de nióbio para baterias elétricas. O novo espaço será inaugurado ainda este ano e fará parte do complexo industrial da companhia, localizado no município de Araxá, em Minas Gerais.

Sobre a CBMM

Líder mundial na produção e comercialização de produtos de Nióbio, a CBMM possui mais de 400 clientes, em 50 países. Sediada no Brasil, com escritórios e subsidiárias na China, Países Baixos, Singapura, Suíça e Estados Unidos, a companhia fornece produtos e tecnologia de ponta aos setores de infraestrutura, mobilidade, aeroespacial e energia. Em 2019, investiu na 2DM, empresa dedicada ao Grafeno.

www.cbmm.com

 

Sobre Echion Technologies

A Echion é líder mundial no desenvolvimento de materiais avançados de bateria de íon-lítio, cujos produtos permitem que os fabricantes de células forneçam ao mercado células de energia econômicas, de carregamento rápido, alta densidade de energia e longa vida para uma ampla gama de setores, incluindo automotivo, transporte, eletrônicos de consumo premium e aplicativos de armazenamento em rede. A Echion oferece ainda opções de personalização, síntese de materiais e know-how de integração de células para diferentes mercados de usuários finais.

www.enterprise.cam.ac.uk

 

 

Sobre BGF

O BGF foi criado em 2011 e investiu mais de £ 2,5 bilhões em mais de 400 empresas, tornando-se o investidor de capital de crescimento mais ativo no Reino Unido.  BGF é uma parceira acionária minoritária e não controladora com uma visão paciente sobre os investimentos, com base em objetivos de longo prazo compartilhados com as equipes de gestão que apoia. A BGF investe em negócios em crescimento no Reino Unido e na Irlanda por meio de sua rede de 16 escritórios. Em 2018, o Canadá lançou seu equivalente – o Canadian Business Growth Fund – e em 2020, a Austrália fez o mesmo, ambos com base na abordagem e no modelo de financiamento do BGF.

 

www.bgf.co.uk

Click Telecon – Outubro/2021
Empresarial

Mais notícias da Categoria Empresarial

Em parceria, ACIA e CDL lançam Campanha de Natal para associados

Em parceria, ACIA e CDL lançam Campanha de Natal para associados

Portal Araxá 27/10/2021
Falta de material e custos impactam a indústria da construção

Falta de material e custos impactam a indústria da construção

Portal Araxá 25/10/2021
Mart Minas de Araxá lança campanha para ajudar o Serviço de Obras Sociais- SOS

Mart Minas de Araxá lança campanha para ajudar o Serviço de Obras Sociais- SOS

Portal Araxá 13/10/2021
CBMM e CNPEM buscam acelerar desenvolvimento de tecnologias em supercondutividade

CBMM e CNPEM buscam acelerar desenvolvimento de tecnologias em supercondutividade

Portal Araxá 08/10/2021
Senado realiza audiência pública sobre a privatização dos Correios

Senado realiza audiência pública sobre a privatização dos Correios

Portal Araxá 06/10/2021
Jucemg discute estratégias para facilitar abertura de empresas nos municípios

Jucemg discute estratégias para facilitar abertura de empresas nos municípios

Portal Araxá 28/09/2021