E tudo começou com um vestido azul!

Momento para refletir

E tudo começou com um vestido azul!
E tudo começou com um vestido azul!

Educador, palestrante motivacional e contador de histórias. Um facilitador de aprendizado e mudança. BIÓLOGO, estudioso em FILOSOFIA e pesquisador do COMPORTAMENTO HUMANO, trabalhou como Professor Assistente IV da UFMG por 14 anos www.juliomachado.com.br luxor@juliomachado.com.br

Num bairro pobre da cidade morava uma garotinha linda. Sua mãe não era muito cuidadosa e a menina quase sempre aparecia suja na escola, com roupas velhas e maltratadas.

O professor olhava para a menina e pensava: “Como uma menina tão bonita pode ser assim, mal cuidada?“. Foi então que decidiu comprar um vestido novo para a menina. Passou na loja, viu um lindo vestido azul, comprou-o e deu-o de presente a ela que, de tanta alegria vestiu-o na mesma hora.

Quando a mãe viu a filha naquele lindo vestido azul, decidiu cuidar melhor da menina, e passou a lhe dar banho todos os dias, pentear seus cabelos, cortar suas unhas, e tudo mais.

No final da semana, o pai falou:
– Mulher, você não acha uma vergonha que nossa filha, sendo tão bonita e bem arrumada, more em um lugar como este, caindo aos pedaços? Que tal nós nos arrumarmos também e aproveitarmos para ajeitar a casa que precisa de consertos urgentes? Você cuida da parte de dentro da casa, e eu, nas horas vagas, vou pintar as paredes, consertar a cerca e plantar um jardim.

Em pouco tempo, a casa se destacava na vila pela beleza das flores que enchiam o jardim, e pelo cuidado em todos os detalhes. Os vizinhos ficaram envergonhados por morar em casas descuidadas e resolveram também arrumar as suas casas, plantar flores, e usar toda sua criatividade. Em pouco tempo, o bairro todo estava transformado.

Um homem, que acompanhava os esforços e as lutas daquela gente, foi até o prefeito e saiu da conversa com autorização para formar uma comissão para estudar os melhoramentos necessários ao bairro. A rua, de barro e lama, foi substituída por asfalto e calçadas de pedra. Os esgotos a céu aberto foram canalizados e o bairro ganhou ares de cidadania.
E tudo começou com um vestido azul!

 

Um ano só será novo se implementarmos decisões e atitudes simples que rompem paradigmas, expandindo a consciência, e mobilizando e contagiando pessoas, equipes, organizações e comunidades em direção a resultados melhores.

MENSAGEM EM VÍDEO (trecho de palestra com o Prof. Júlio Machado)
O mundo não muda…nós mudamos: http://www.youtube.com/watch?v=zNMsIk2R5q0


RECOMENDAÇÃO DA SEMANA
Cantareiros no hospital –  https://www.youtube.com/results?search_query=cantareiros

Momento para refletir

Educador, palestrante motivacional e contador de histórias. Um facilitador de aprendizado e mudança. BIÓLOGO, estudioso em FILOSOFIA e pesquisador do COMPORTAMENTO HUMANO, trabalhou como Professor Assistente IV da UFMG por 14 anos www.juliomachado.com.br luxor@juliomachado.com.br

Mais postagens da coluna - Momento para refletir

“Mas eu não sou um mendigo!”

“Mas eu não sou um mendigo!”

Júlio Machado 22/10/2019
Decisões e Atitudes

Decisões e Atitudes

Júlio Machado 19/09/2019
O crivo das três peneiras

O crivo das três peneiras

Júlio Machado 27/08/2019
Você tem de conseguir. Vai conseguir!

Você tem de conseguir. Vai conseguir!

Júlio Machado 01/08/2019
“Esse barco também está vazio”…

“Esse barco também está vazio”…

Júlio Machado 28/06/2019
“Algumas palavras abrem feridas, outras fecham.”

“Algumas palavras abrem feridas, outras fecham.”

Júlio Machado 22/05/2019
Encontre a sua paz e tudo dará certo

Encontre a sua paz e tudo dará certo

Júlio Machado 08/04/2019
Salvo por ter sido gentil

Salvo por ter sido gentil

Júlio Machado 20/02/2019
A verdade pode ser comparada a uma pedra preciosa

A verdade pode ser comparada a uma pedra preciosa

Júlio Machado 06/02/2019
Pato ou Águia? Você decide.

Pato ou Águia? Você decide.

Júlio Machado 22/01/2019
SEJA VOCÊ O NATAL !

SEJA VOCÊ O NATAL !

Júlio Machado 25/12/2018
O uso descontrolado dos aparelhos celulares

O uso descontrolado dos aparelhos celulares

Júlio Machado 17/12/2018