Você tem de conseguir. Vai conseguir!

Momento para refletir

Você tem de conseguir. Vai conseguir!
Você tem de conseguir. Vai conseguir!

Educador, palestrante motivacional e contador de histórias. Um facilitador de aprendizado e mudança. BIÓLOGO, estudioso em FILOSOFIA e pesquisador do COMPORTAMENTO HUMANO, trabalhou como Professor Assistente IV da UFMG por 14 anos www.juliomachado.com.br luxor@juliomachado.com.br

Conta-se que uma família para fugir dos horrores da guerra, percebeu que sua única chance seria atravessar as montanhas que circundavam a cidade.
A família compunha-se de dez pessoas com diversas idades. Reuniram-se e planejaram os detalhes: a saída de casa, por onde tentariam a difícil travessia. O problema era o avô.  Com muitos anos nos ombros, ele não estava muito bem. A viagem seria dura.
– Deixem-me, pois serei um empecilho para o êxito de vocês. Somente atrapalharei.  
Entretanto, os filhos insistiram para que ele fosse. Chegaram a afirmar que se ele não fosse, eles também ali permaneceriam. Vencido pelas argumentações, o idoso cedeu.

A caminhada era feita em silêncio. Todo esforço desnecessário deveria ser poupado. Como entre eles havia uma menina de apenas um ano, combinaram que, a fim de que ninguém ficasse exausto, ela seria carregada por todos os componentes da família, em sistema de revezamento.
Depois de várias horas de subida difícil, o avô se sentou em uma rocha. Deixou pender a cabeça e quase em desespero, suplicou: 
– Deixem-me para trás. Não vou conseguir. Continuem sozinhos.
– De forma alguma o deixaremos. Você tem de conseguir. Vai conseguir! – disse o filho.
– Não, deixem-me aqui – insistiu o avô. 
O filho não se deu por vencido. Aproximou-se do pai e energicamente lhe disse: 
– Vamos, pai. Precisamos do senhor. É a sua vez de carregar o bebê.

 O homem levantou o rosto. Viu as fisionomias cansadas de todos. Olhou para o bebê enrolado em um cobertor, no colo do seu neto de 13 anos. O garoto era tão magrinho e parecia estar realizando um esforço sobre-humano para segurar o pesado fardo.
O avô se levantou.
– Claro, é a minha vez. Passem-me o bebê.
Ajeitou a menina no colo. Olhou para o seu rostinho inocente e sentiu uma força renovada. Um enorme desejo de ver sua família a salvo tomou conta dele.
Com determinação, disse:
 – Vamos, já estou bem. Só precisava descansar um pouco. Vamos andando.
 O grupo prosseguiu, com o avô carregando a netinha. Naquela noite, a família conseguiu cruzar a fronteira a salvo.

Mensagem em vídeo (palestra completa do Prof. Júlio Machado)

Resiliência no trabalho – https://www.youtube.com/edit?o=U&video_id=37XdqO0ftUM

Recomendação da semana

Viajar no inverno vale a pena se for para assistir a um conserto de ANO NOVO em Viena – http://youtu.be/k-LzTGjg8TM

Momento para refletir

Educador, palestrante motivacional e contador de histórias. Um facilitador de aprendizado e mudança. BIÓLOGO, estudioso em FILOSOFIA e pesquisador do COMPORTAMENTO HUMANO, trabalhou como Professor Assistente IV da UFMG por 14 anos www.juliomachado.com.br luxor@juliomachado.com.br

Mais postagens da coluna - Momento para refletir

“Esse barco também está vazio”…

“Esse barco também está vazio”…

Júlio Machado 28/06/2019
“Algumas palavras abrem feridas, outras fecham.”

“Algumas palavras abrem feridas, outras fecham.”

Júlio Machado 22/05/2019
Encontre a sua paz e tudo dará certo

Encontre a sua paz e tudo dará certo

Júlio Machado 08/04/2019
Salvo por ter sido gentil

Salvo por ter sido gentil

Júlio Machado 20/02/2019
A verdade pode ser comparada a uma pedra preciosa

A verdade pode ser comparada a uma pedra preciosa

Júlio Machado 06/02/2019
Pato ou Águia? Você decide.

Pato ou Águia? Você decide.

Júlio Machado 22/01/2019
SEJA VOCÊ O NATAL !

SEJA VOCÊ O NATAL !

Júlio Machado 25/12/2018
O uso descontrolado dos aparelhos celulares

O uso descontrolado dos aparelhos celulares

Júlio Machado 17/12/2018
O Universo não entende palavras…

O Universo não entende palavras…

Júlio Machado 03/12/2018
O crivo da racionalidade

O crivo da racionalidade

Júlio Machado 31/07/2018
Um momento de gratidão

Um momento de gratidão

Júlio Machado 05/07/2018
A vida é como um piano

A vida é como um piano

Júlio Machado 14/06/2018