Inscrições para cursos superiores da Epamig terminam no dia 17/2
Minas Gerais

Inscrições para cursos superiores da Epamig terminam no dia 17/2

Inscrições para cursos superiores da Epamig terminam no dia 17/2

Nota do Enem é pré-requisito para candidatos concorrerem a vagas nos cursos de Tecnologia em Laticínios e em Agropecuária de Precisão

Os cursos de graduação oferecidos pela Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig), por meio dos seus institutos de ensino vinculados, seguem com inscrições abertas até o dia 17/2. No total, são 80 vagas voltadas para candidatos que realizaram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem): 40 para o curso de Tecnologia em Agropecuária de Precisão, oferecido pelo Instituto Tecnológico de Agropecuária de Pitangui (Itap), e 40 para o curso de Tecnologia em Laticínios, do Instituto de Laticínios Cândido Tostes (ILCT). Os cursos são presenciais, com regime acadêmico de tempo integral e duração de seis semestres letivos cada.

Marcelo Ribeiro / Epamig-ILCT

A seleção e classificação dos candidatos serão feitas pela nota do Enem, nos anos de 2019, 2020, 2021 ou 2022. Caso o candidato tenha realizado mais de uma edição do exame nacional, a maior nota será considerada. Além disso, no ato da inscrição, o candidato deverá optar por uma vaga em modalidades reservadas ou de ampla concorrência.

Tecnologia em Agropecuária de Precisão 

A graduação em Agropecuária de Precisão oferecida pela Epamig-Itap é a primeira e única do Brasil voltada para a área, e incorpora conteúdos teóricos e práticos sobre os mais modernos conceitos da agricultura e da pecuária de precisão.

“Sabemos que a agropecuária é um dos carros chefes da economia brasileira e vemos o campo passando por uma grande transformação, com a introdução de termos como ‘agricultura 4.0’ e ‘agropecuária digital’, que refletem a sua crescente automação. O profissional formado no nosso curso será capaz de manusear e interpretar os dados e informações gerados por essas novas tecnologias e aplicá-los às diversas esferas da agropecuária”, explica o coordenador de ensino da Epamig-Itap, Robson de Assis Souza.

Ele ressalta ainda as várias possibilidades profissionais que podem se abrir para os alunos após a conclusão da graduação.

“Os egressos poderão ser contratados por grandes empresas da agroindústria, para atuarem na área de precisão, ou trabalharem de forma autônoma, prestando assistência e consultoria a pequenos e médios produtores. Além disso, destaco que os estudantes formados também serão capazes de trabalhar na criação de equipamentos e tecnologias a serem usadas futuramente no agronegócio, pois na grade curricular há disciplinas envolvendo programação, eletroeletrônica e desenvolvimento de sensores e drones”, conclui Robson, que é também professor do curso.

Tecnologia em Laticínios

Disponibilizados pelo Instituto de Laticínios Cândido Tostes, localizado em Juiz de Fora, na Zona da Mata, o curso de Tecnologia em Laticínios carrega toda a tradição da instituição de ensino, que completará 88 anos de existência em 2023, e é considerada uma das mais importantes do mundo na área de leite e derivados.

“Mais de cem indústrias da cadeia do leite de todo o Brasil nos procuram a fim de firmar parcerias para estágios e demais ações, pelo fato de o ILCT ser referência no ensino desde 1935. O que notamos recentemente é uma demanda crescente por profissionais que, além do conhecimento técnico e científico, também sejam capazes de atuar nas áreas de gestão e administração em laticínios. Por isso, aprimoramos a nossa grade curricular em relação a disciplinas como ‘Gestão de pessoas’, ‘Marketing e comercialização’, ‘Sistemas de produção’, ‘Metodologia científica’, dentre outras. Então o aluno sai do curso com todas as competências para se tornar um gerente ou seguir a carreira acadêmica, se preferir”, conta o professor e coordenador do curso, Paulo Henrique Costa Paiva.

A graduação contempla os diversos derivados do leite e oferece aulas sobre produção de queijos, lácteos fermentados, como o iogurte, manteiga, sorvetes, lácteos concentrados, como o doce de leite, e muito mais. “As aulas práticas são um grande destaque do nosso curso. Além disso, é importante lembrar que não trabalhamos apenas dentro do instituto e engajamos nossos estudantes em projetos de extensão desde o primeiro semestre, para levar o conhecimento adquirido para fora das quatro paredes e também trazer a sociedade mais para perto da nossa escola”, acrescenta Paulo Henrique.

Para conhecer melhor os projetos pedagógicos, grades curriculares, calendários e processos seletivos de cada curso, acesse nos links Tecnologia em Agropecuária de Precisão e Tecnologia em Laticínios.

Minas Gerais

Mais notícias da Categoria Minas Gerais

Governo de Minas publica homologação do concurso que vai garantir mais médicos no SUS

Governo de Minas publica homologação do concurso que vai garantir mais médicos no SUS

Portal Araxá 03/07/2024
Governo de Minas entrega mais de cem veículos ao DER-MG para renovação da frota

Governo de Minas entrega mais de cem veículos ao DER-MG para renovação da frota

Portal Araxá 03/07/2024
Exportações do agro mineiro atingem US$ 6,6 bilhões de janeiro a maio

Exportações do agro mineiro atingem US$ 6,6 bilhões de janeiro a maio

Portal Araxá 27/06/2024
Governo de Minas conclui mais de 30% das obras viárias

Governo de Minas conclui mais de 30% das obras viárias

Portal Araxá 25/06/2024
Governo de Minas apresenta ações e participa de debates na Semana de Ação Climática de Londres

Governo de Minas apresenta ações e participa de debates na Semana de Ação Climática de Londres

Portal Araxá 24/06/2024
Inteligência artificial ajuda a reduzir risco relacionado aos banhos nos leitos de UTIs

Inteligência artificial ajuda a reduzir risco relacionado aos banhos nos leitos de UTIs

Portal Araxá 14/06/2024