Ipem reforça cuidados com produtos típicos do Carnaval
Brasil

Ipem reforça cuidados com produtos típicos do Carnaval

Ipem reforça cuidados com produtos típicos do Carnaval

Fantasias, máscaras e brinquedos podem ser nocivos à saúde das crianças

imagem de destaque

Lucas Gomes/Ipem-MG Para a segurança do consumidor, produtos devem ser adquiridos apenas no mercado formal

No Carnaval é preciso ficar atento ao adquirir produtos típicos dessa época do ano para que a diversão não se transforme em dor de cabeça. “São tantas opções de artigos a cada ano, com suas cores e brilhos que, muitas vezes, o perigo acaba sendo camuflado”, alerta o agente fiscal do Instituto de Metrologia e Qualidade do Estado de Minas Gerais (Ipem), Leonardo Dias. Por isso, o Ipem orienta que a compra destes produtos seja feita apenas no mercado formal, para evitar produtos falsificados ou com informações incorretas.
Veja, abaixo, algumas orientações importantes para aproveitar a folia com segurança.

Fantasias

As fantasias, assim como qualquer tipo de vestuário, devem apresentar obrigatoriamente a etiqueta de composição do produto, que devem trazer informações sobre razão social ou nome da marca registrada do fabricante, CNPJ, país de origem, nome e percentual das fibras e filamentos que compõem o tecido, além de indicações do tamanho, dimensão e conservação do item. Todas essas informações em produtos têxteis contribuem para evitar alergias e, consequentemente, riscos à saúde.

Também é importante que os pais não utilizem adereços de adultos nas crianças. A fantasia de adulto pode conter substâncias impróprias para os menores.

Máscaras e brinquedos

Quanto às máscaras e brinquedos, eles só devem ser utilizados se apresentarem o selo do Inmetro e dentro da faixa etária recomendada, uma vez que podem causar asfixia, conter partes pequenas a serem engolidas ou terem sido confeccionados com algum tipo de material tóxico.

Confetes e serpentinas

Nunca adquira serpentinas e confetes metalizados, pois podem causar curtos na rede elétrica e levar a morte.

Spray de espuma

As espumas artificiais não são regulamentadas pelo Inmetro. Caso haja contato com os olhos ou pele e consequente reação alérgica, a recomendação é lavar com bastante água corrente a parte do corpo contaminada com o spray. Se os sintomas persistirem, o médico deve ser consultado.

Preservativos

Conhecidos popularmente como camisinhas, tanto os preservativos comercializados quanto os distribuídos gratuitamente devem apresentar na embalagem o selo do Inmetro e do Organismo de Certificação de Produtos (OCP). Além do selo, é importante conferir se o produto não está com a data de validade vencida, embalagem comprometida, e se traz informações do modo de uso.

Água mineral

O Inmetro, em 2014, estabeleceu uma certificação voluntária para água mineral natural envasada, comercializada em embalagens descartáveis (exceto garrafões) e de vidro retornáveis. Ao comprar água mineral na rua, verifique se o lacre da tampa não foi violado ou se apresenta marcas de reutilização.

Ouvidoria

Caso a população desconfie ou encontre irregularidades em algum produto, a orientação é que ele não o adquira e registre o fato à Ouvidoria do Ipem. O relato pode ser feito pelo fale conosco, pelo endereço eletrônico ouvidoria@ipem.mg.gov.br ou no telefone 08000-335-335.

Brasil

Mais notícias da Categoria Brasil

Em parceria com Twitter, Ministério da Saúde potencializará informações sobre vacinação

Em parceria com Twitter, Ministério da Saúde potencializará informações sobre vacinação

Portal Araxá 21/05/2019
Inscrições para o Encceja 2019 já começaram

Inscrições para o Encceja 2019 já começaram

Portal Araxá 21/05/2019
LBV promove ação emergencial em apoio a famílias em situação de vulnerabilidade

LBV promove ação emergencial em apoio a famílias em situação de vulnerabilidade

Portal Araxá 06/05/2019
IPVA vence nesta terça-feira para servidores públicos do Executivo estadual

IPVA vence nesta terça-feira para servidores públicos do Executivo estadual

Portal Araxá 30/04/2019
Forças de segurança e secretários de Minas apresentam balanço das ações 60 dias após tragédia em Brumadinho

Forças de segurança e secretários de Minas apresentam balanço das ações 60 dias após tragédia em Brumadinho

Portal Araxá 26/03/2019
Evento da ONU discutiu desenvolvimento sustentável para o empoderamento da mulher

Evento da ONU discutiu desenvolvimento sustentável para o empoderamento da mulher

Portal Araxá 19/03/2019