Araxá e mais 100 município assinam Decreto de Liberdade Econômica em Minas
Economia

Araxá e mais 100 município assinam Decreto de Liberdade Econômica em Minas

Araxá e mais 100 município assinam Decreto de Liberdade Econômica em Minas

Também com incentivo do programa Minas Livre para Crescer, ação facilita processos para a abertura e funcionamento de empresas, movimentando a economia

Riachinho, Arinos, Cabeceira Grande, Chapada Gaúcha e Santa Fé de Minas, nas regiões Norte e Noroeste de Minas, são os mais recentes municípios a aderir às estratégias de liberdade econômica, sob orientação da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sede).

Algumas administrações optaram por emitir decretos municipais, enquanto outras cidades, devido à importância do assunto, criaram projeto de lei que tramitou nas respectivas câmaras legislativas.

Atualmente, mais de 100 cidades já seguem as diretrizes do Decreto Estadual de Liberdade Econômica, documento que estabelece uma série de ações que potencializam o desenvolvimento econômico, criando um ambiente propício aos negócios.

“O Programa Minas Livre para Crescer criou um ambiente propício aos negócios, tornando-se amigo do empreendedor, desburocratizando a máquina pública. Além disso, propicia a criação de um canal de comunicação entre o empreendedor e o município, abrindo caminho para o microempreendedor individual (MEI), a pequena empresa e até grandes empreendedores. Tudo isso traz geração de riqueza, emprego e renda”, enfatiza o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio.

Para o subsecretário de Desenvolvimento Regional, Douglas Cabido, superar a marca de 100 municípios no rol do programa é emblemático para a posição de Minas Gerais como o estado mais fácil de se empreender no Brasil. Segundo ele, neste momento, é a unidade federativa com  maior número de municípios a regulamentarem integralmente a lei de liberdade econômica.

“Por intermédio do decreto estadual e da legislação federal, o empreendedor vai ter na ponta um ambiente muito mais fácil para abrir um negócio, já que poderá contar com  desburocratização de processos. Esses fatores contribuem para acelerar o desenvolvimento econômico e privilegiar a livre iniciativa, gerando emprego e renda em nosso estado”, acrescenta Cabido.

Liberalismo econômico

O objetivo dos decretos municipais é regulamentar dispositivos da Lei Federal Nº 13.874, conhecida como Lei de Liberdade Econômica, e do Decreto Estadual nº 47.776, que institui o Programa Estadual de Desburocratização – Minas Livre para Crescer, e cooperar com o avanço da economia do estado.

Nesse sentido, o município que assina o decreto realiza uma revisão e simplificação dos atos normativos vigentes, fomentando também a elaboração de legislações que garantam a livre iniciativa. As medidas também viabilizam o resgate da confiabilidade dos empresários, simplificando e desburocratizando procedimentos.

O município de Varginha, no Sul de Minas, foi o primeiro a adotar medidas previstas no Minas Livre para Crescer, programa estratégico do Governo de Minas Gerais criado para facilitar e estimular o crescimento da economia.

Empreender

Outros municípios estão em processo de criação de um normativo que aborda e regulamenta o tema.

O site da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico traz uma ferramenta, frequentemente atualizada, com informações sobre as etapas já percorridas pelos municípios interessados.

Para acessar, clique aqui.

Divulgação

Economia

Mais notícias da Categoria Economia

Pesquisa diz que inadimplência cai, mas dívidas crescem em setembro

Pesquisa diz que inadimplência cai, mas dívidas crescem em setembro

Portal Araxá 04/10/2021
Economia comportamental aplicada ao dia a dia

Economia comportamental aplicada ao dia a dia

Portal Araxá 27/09/2021
Consumo das famílias em supermercados cresce 4,84% em julho

Consumo das famílias em supermercados cresce 4,84% em julho

Portal Araxá 09/09/2021
Pré-selecionados do Prouni têm até hoje para comprovar dados

Pré-selecionados do Prouni têm até hoje para comprovar dados

Portal Araxá 27/08/2021
Arrecadação federal chega a R$ 171,27 bilhões em julho

Arrecadação federal chega a R$ 171,27 bilhões em julho

Portal Araxá 25/08/2021
Ipea revisa projeção de inflação no ano para 7,1%

Ipea revisa projeção de inflação no ano para 7,1%

Portal Araxá 24/08/2021