Minas Gerais mantém saldo positivo de abertura de empresas em setembro 
Economia

Minas Gerais mantém saldo positivo de abertura de empresas em setembro 

Minas Gerais mantém saldo positivo de abertura de empresas em setembro 

Pelo sétimo mês seguido, número de constituições empresariais supera o volume de baixas no estado

A abertura de empresas em todo o estado de Minas Gerais alcançou em setembro um volume total de 6.861 novos registros, o que representa 0,93% a mais que no mesmo mês do ano passado (6.798). No acumulado do ano, já são 65.717 novas firmas constituídas em Minas Gerais, o que representa 8,74% a mais que no mesmo período do ano passado (60.433). Foi o sétimo mês seguido no estado, neste ano, com números positivos tanto em relação ao mês como no volume acumulado no ano.

Os dados foram extraídos do balanço de registros mercantis da Junta Comercial de Minas Gerais (Jucemg), divulgado nesta quarta-feira (11/10). A autarquia é responsável pelos registros mercantis como abertura, alterações e encerramentos de empresas no estado.

“O balanço da Jucemg se tornou um verdadeiro termômetro para medir a confiança do empreendedor mineiro. Quando o balanço traz um saldo positivo, com mais empresas abrindo que fechando, só podemos comemorar. É um claro sinal de que, em Minas, quem quer investir está encontrando um ambiente favorável”, avalia o presidente da Jucemg, Bruno Selmi Dei Falci.

Para ele, os números positivos refletem a orientação da administração do estado, sob a liderança do governador Romeu Zema, de desburocratizar a iniciativa empreendedora em Minas Gerais.

Conforme o balanço, o Vale do Jequitinhonha (21,01%), o Noroeste (15,33%) e o Rio Doce (10,21%) são, em termos proporcionais, as regiões que tiveram em setembro o melhor desempenho em aberturas empresariais quando comparadas com o mesmo mês do ano passado. Já em números absolutos, as regiões que mais constituíram firmas foram a região Central (3.004) – que abrange a capital, Belo Horizonte -, o Sul de Minas (828) e o Triângulo Mineiro (750).

Jucemg / Divulgação

Outro dado positivo apontado pelo balanço Jucemg é que, em setembro, o número de extinções empresariais (3.466) foi 5,92% menor que no mesmo mês do ano passado (3.684). Em relação ao acumulado do ano, as baixas chegaram a 37.267, variação de 5,14% em relação aos mesmos meses de 2022 (35.442).

O levantamento mostra ainda os municípios que mais abriram empresas em setembro, com destaque para Belo Horizonte (1.742), Uberlândia (414), Contagem (244), Juiz de Fora (205), Montes Claros (148), Uberaba (143), Betim e Divinópolis (ambos com 113), Governador Valadares (103) e Nova Lima (87).

O balanço da Jucemg considera empresas de qualquer porte, com exceção dos MEIs (microempreendedores individuais), cujas inscrições são realizadas diretamente no Portal do Empreendedor do Governo Federal, sem passar pelas juntas comerciais estaduais.

 

 

 

Economia

Mais notícias da Categoria Economia

Com menor taxa de desocupação da história, Minas Gerais caminha para cenário de pleno emprego

Com menor taxa de desocupação da história, Minas Gerais caminha para cenário de pleno emprego

Portal Araxá 20/02/2024
Doar ou vender:O que fazer com as roupas do meu filho?

Doar ou vender:O que fazer com as roupas do meu filho?

Portal Araxá 19/02/2024
Salário mínimo de R$ 1.412 começou a ser pago nesta quinta-feira

Salário mínimo de R$ 1.412 começou a ser pago nesta quinta-feira

Portal Araxá 02/02/2024
5 estratégias para poupar na compra de material escolar

5 estratégias para poupar na compra de material escolar

Portal Araxá 22/01/2024
Procon Araxá realiza pesquisa de preços para lista de compra de material escolar 2024

Procon Araxá realiza pesquisa de preços para lista de compra de material escolar 2024

Portal Araxá 18/01/2024
5 dicas para organizar suas contas em 2024 e começar o ano no “camarote”

5 dicas para organizar suas contas em 2024 e começar o ano no “camarote”

Portal Araxá 16/01/2024