TODOS CONTRA A VIOLÊNCIA INFANTOJUVENIL
Robson Magela busca informações sobre cancelamento de cirurgias eletivas na Santa Casa
Política

Robson Magela busca informações sobre cancelamento de cirurgias eletivas na Santa Casa

Robson Magela busca informações sobre cancelamento de cirurgias eletivas na Santa Casa

A Santa Casa de Misericórdia de Araxá paralisou a realização de cirurgias eletivas na última segunda-feira, 16 de abril. Cirurgias eletivas são aquelas agendadas com antecedência. O vereador Robson Magela (PRB) foi informado sobre a situação por pacientes que tiveram cirurgias canceladas e esteve no hospital nesta quarta-feira, 18 de abril, conversando com o provedor Antônio Ribeiro da Silva sobre os problemas financeiros enfrentados pela Santa Casa. O hospital está atendendo apenas casos de emergência e urgência encaminhados pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Segundo o provedor, a Santa Casa decidiu paralisar a realização de cirurgias eletivas por causa da situação financeira crítica do hospital, que não tem dinheiro para pagar fornecedores de materiais e medicamentos. Falta dinheiro também para o pagamento da conta de energia elétrica e para o recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e da contribuição do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS). A lavanderia do hospital não funcionou em um dia da semana passada por falta de insumos.

A Santa Casa decidiu no último dia 3 de abril que cancelaria as cirurgias eletivas e comunicou à Secretaria Municipal de Saúde, ao Ministério Público e ao Conselho Municipal de Saúde. Após ser comunicada, a Secretaria de Saúde enviou medicamentos e materiais para o hospital a fim de que as cirurgias eletivas continuassem a ser realizadas. Como os medicamentos e materiais enviados pela Prefeitura foram utilizados e não houve a reposição, a direção do hospital cancelou as cirurgias eletivas no início desta semana. A princípio foram canceladas todas as cirurgias marcadas até o dia 30 de abril.

Antônio Ribeiro informou que a Santa Casa tem uma despesa mensal de cerca de R$ 1,1 milhão, sendo que o déficit por mês é de R$ 133 mil. Ele explicou ao vereador Robson que a Prefeitura de Araxá paga os plantões médicos do hospital, que ficam em cerca de R$ 3 milhões por ano. Além disso, o Governo Municipal firmou convênio para realizar exames de tomografia, ressonância e raio-X de março a dezembro deste ano no hospital, o que deve diminuir o déficit mensal. A Santa Casa ainda recebe o pagamento da Prefeitura pelos serviços de lavanderia que presta para a UPA.

O provedor revelou que a Santa Casa ainda não recebeu duas emendas parlamentares de deputados federais que foram destinadas ao hospital, que juntas somam R$ 335 mil. O hospital também não recebeu os repasses de dois programas do Governo de Minas Gerais: Programa de Fortalecimento e Melhoria da Qualidade dos Hospitais Gestão Compartilhada e Incentivo (Pro-Hosp), Programa de Urgência e Emergência (Pro-Urge). São R$ 222 mil do Pro-Hosp e R$ 418 mil do Pro-Urge. Todos os repasses das emendas e dos programas do Governo do Estado têm que passar pela Prefeitura Municipal para chegar ao hospital.

O vereador Robson Magela se mostrou bastante preocupado com a situação relatada pelo provedor e entrou em contato com a Secretaria Municipal de Saúde, que informou que os R$ 335 mil, referentes às emendas parlamentares destinadas para a Santa Casa, foram depositados na conta da Prefeitura de Araxá e serão repassados para o hospital até a próxima segunda-feira, 23 de abril. Com esse repasse, o hospital poderá retomar a realização das cirurgias eletivas na semana que vem. A Secretaria de Saúde também informou que o Governo de Minas ainda não fez nenhum depósito referente ao Pro-Hosp para a Santa Casa.

Sobre o Pro-Urge, o Governo de Minas deixou de realizar os repasses de dezembro de 2016 a março de 2018, quando depositou todo o valor correspondente ao período em atraso. Os R$ 418 mil do Pro-Urge estão na conta da Prefeitura aguardando que o Conselho Municipal de Saúde aprove o plano de trabalho apresentado pela Santa Casa. O Governo de Minas criou um impasse ao atrasar os repasses e depositar tudo de uma vez agora. A Procuradoria-Geral do Município estuda um instrumento jurídico para solucionar esse impasse, pois a princípio o hospital não pode utilizar os recursos do Pro-Urge para quitar dívidas de 2017.

Robson Magela se mostrou aliviado com a liberação das emendas parlamentares, mas continua preocupado com o futuro da Santa Casa. “Foi um alívio saber que o dinheiro das emendas será liberado até segunda-feira e que as cirurgias eletivas serão retomadas. Porém, é preciso ainda que o Governo do Estado envie os recursos do Pro-Hosp e a Prefeitura encontre uma solução para liberar o dinheiro do Pro-Urge, que vai ajudar muito nas despesas do hospital. A população também pode ajudar a Santa Casa, pois ela é de todos nós araxaenses. As pessoas podem procurar o hospital e autorizar o débito de algum valor na conta de água para ser destinado à Santa Casa”, disse o vereador.

Bem Brasil Alimentos – Agosto/2020
Política

Mais notícias da Categoria Política

Romeu Zema apresenta Portfólio de Projetos 2021 ao líder da bancada mineira na Câmara

Romeu Zema apresenta Portfólio de Projetos 2021 ao líder da bancada mineira na Câmara

Portal Araxá 20/10/2020
Raphael Rios reivindica espaço para abrigar trabalho da coleta seletiva

Raphael Rios reivindica espaço para abrigar trabalho da coleta seletiva

Portal Araxá 07/10/2020
Governador Romeu Zema assina acordo de cooperação com o TRE-MG em apoio à realização das eleições

Governador Romeu Zema assina acordo de cooperação com o TRE-MG em apoio à realização das eleições

Portal Araxá 23/09/2020
Nomes de Lídia Jordão e Fabiano Santos Cunha homologados em convenção para as Eleições 2020

Nomes de Lídia Jordão e Fabiano Santos Cunha homologados em convenção para as Eleições 2020

Portal Araxá 15/09/2020
Partidos terão que repartir dinheiro e tempo de TV entre negros e brancos já nestas eleições, diz STF

Partidos terão que repartir dinheiro e tempo de TV entre negros e brancos já nestas eleições, diz STF

Portal Araxá 11/09/2020
Raphael Rios volta a cobrar manutenção da iluminação pública; Araxá já está há 7 meses sem o serviço

Raphael Rios volta a cobrar manutenção da iluminação pública; Araxá já está há 7 meses sem o serviço

Portal Araxá 09/09/2020