PMA – Agosto.2022 – Obra viaduto
“Trouxe muita alegria”: o encantamento das crianças com o projeto ‘A Música Semeando Conhecimentos’
Cultura

“Trouxe muita alegria”: o encantamento das crianças com o projeto ‘A Música Semeando Conhecimentos’

“Trouxe muita alegria”: o encantamento das crianças com o projeto ‘A Música Semeando Conhecimentos’

Contato com a música instrumental é realizado por meio de um workshow que vai percorrer 20 escolas de Araxá

Quando os alunos chegam a primeira reação é de surpresa. É que nos pátios, ginásios, salas e estacionamentos das escolas a sensação é de que um show está prestes a começar. O cenário muitas vezes tem uma Kombi no fundo, estrutura de som e luz. Quando todos se acomodam, começa a música e a conexão é imediata. Para a aniversariante Louise Victoria Botelho Galvão, de 9 anos, foi como um presente. “Eu achei muito legal porque trouxe muita alegria, a gente ficou muito feliz”, diz.

A intervenção com quatro músicos é interativa o tempo todo. Os estudantes das escolas públicas conhecem em detalhes os instrumentos, aprendem sobre os tempos e são convidados a tocar objetos improvisados na hora. De pratos e garrafas PET com milho logo saem música e muitos sorrisos. “Eu gostei muito de tocar com eles. Esse momento me passou felicidade, tranquilidade e a gente aprendeu a importância da música para nossa cultura, para nossa história”, conta Richard Caio Silva Vasconcelos, de 12 anos.

Aos poucos, o momento de descontração e diversão vai virando rotina nos quatro cantos da cidade. O projeto conta com apresentações nos dois turnos e tem encantado crianças, adolescentes e educadores por onde passa. “É importantíssima essa ação. Hoje as crianças vivem na internet, no celular e aqui elas conseguem sair desse mundinho e ir para o mundo da cultura. Tenho certeza de que pela música eles têm a oportunidade de ler, escrever melhor.  É um projeto maravilhoso, não pode parar”, elogia Leda Maria Amorim, diretora da AABB Comunidade.

Os músicos vão percorrer nesta etapa inicial 20 escolas da rede pública nas zonas urbana e rural de Araxá. A ação é realizada pelo grupo araxaense Tiago Martins Quarteto, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura e tem o patrocínio da CBMM.

Workshop

O projeto será encerrado com um workshop sobre consciência rítmica, aberto à comunidade. Os instrutores vão trabalhar temas como pulsação, ciclos rítmicos, contagens musicais, improvisação, prática de conjunto, escrita e composição, dentre outras habilidades.

A atividade será realizada no dia 21 de agosto a partir de 10h no Parque do Cristo. A entrada é gratuita.

Histórias inspiradoras

O cenário é um quarto de hospital. De um lado, uma mãe inexperiente, apreensiva com a saúde da filha. Do outro, um bebê que acabara de fazer uma cirurgia nos olhos e pegou uma infecção na UTI. Entre elas, a música. “Foi através da música que Yasmin conheceu a mãe e a vida. Eu colocava música instrumental, cantava baixinho. Foi a forma que encontrei de me conectar com a minha filha e apresentar o mundo para ela”, diz a técnica de enfermagem Elbe Raquel de Castro Rosa Silva.

Yasmin de Castro Rosa Silva nasceu sem as pálpebras. Com apenas três dias de vida, começava a luta em hospitais de Uberlândia e São Paulo para uma cirurgia de reconstrução. “Com sete dias ela passou pelo procedimento, mas ao fechar os olhos para lubrificar as córneas, ocorreu um ressecamento e os olhinhos foram perfurados. Havia só a opção de retirada dos olhos. A cirurgia aconteceu, mas ela acabou pegando uma infecção. Foram muitos dias de agonia, muita dor, mas também de muita esperança, fé e música”, relembra Elbe.

Foram muitas idas e vindas nos hospitais, mas elas: a mãe, a filha e a música; nunca se separaram. Com seis meses, Yasmin já tinha aulas de musicalização e logo deu sinais de uma conexão especial com os sons. “Com menos de um aninho ela tirava som da chupeta. Ela nunca chupou chupeta, usava só para tirar som e às vezes músicas infantis inteiras”, conta a mãe.

Com três anos Yasmin ganhou seu primeiro violão e nunca mais deixou de estudar música. Hoje, aos treze anos, toca cajon, pandeiro, teclado, violão, viola e está convencendo a mãe a comprar uma sanfona. “Quando ela não está na escola, está tocando algum instrumento. É por meio da música que ela se encontra e enxerga o mundo”, diz Elbe.

Tiago Martins Quarteto

O grupo Tiago Martins Quarteto é uma referência quando o assunto é a música brasileira e o Jazz Fusion. Composto por Tiago Martins, Jack Will, Erasmo Valeriano e Leo Santana; reflete a força dos talentos individuais formando um conjunto que externa grande conhecimento técnico e dons incríveis já aplaudidos pelos quatro cantos do país.

Formação:

Tiago Martins 

Guitarrista, violonista, professor e produtor, Tiago Martins é músico profissional desde os 17 anos e especializou-se no IG&T em Campinas (SP). É diretor da Nota Certa Escola de Música em Araxá e professor de guitarra desde 2008. Já se apresentou em grandes eventos como o Pixinga Bass Festival e tocou ao lado de nomes como Toninho Horta, Danilo Caymmi, Ney Conceição, Robertinho Silva, Eduardo Machado, Edu Ardanuy, Aquiles Faneco, André Nieri, Carlos Balla, Artur Maia, Dino Rangel Big Band, Ludy Rocha, Germano Soraggi, Emílio e Eduardo e Thaeme e Thiago. Em 2021 Tiago Martins foi o vencedor do concurso de Jazz e Blues de Tiradentes (MG), sendo uma das atrações do evento neste ano. São 23 anos ininterruptos de amor à música.

Jack Will

Jack Will é um músico uberlandense com fortes raízes afro-mineiras. Baterista e percussionista com graduação em Música pela UFU, atua profissionalmente há 18 anos em shows, gravações e aulas. Já tocou com vários músicos em diversos estados do Brasil e também em alguns países da Europa. Em 2022 vai lançar o seu primeiro álbum autoral celebrando a arte da música instrumental.

Erasmo Valeriano

Erasmo Valeriano é baixista e violonista. Atua profissionalmente há 17 anos em shows, gravações e aulas. Fez parte do corpo docente do curso técnico da Escola Municipal de Música Maestro Elias Porfírio de Azevedo, onde lecionou Harmonia, Percepção e Violão em Conjunto. Tocou com diversos artistas da cidade de Araxá e região, em várias cidades e estados brasileiros. Atualmente integra o Bejazz, grupo que existe há mais de quarenta anos na cidade.

Le Santana

Le Santana é multi-instrumentista, compositor, arranjador e professor de música. Atua majoritariamente como pianista e arranjador em shows e gravações de música instrumental e MPB. Sua abordagem compreende conexões entre a musicalidade dos regionalismos brasileiros e o seu piano jazzístico. Lançou em 2021 o seu primeiro álbum (Pytã) com 11 canções autorais.  Atua em diversos segmentos de educação musical como musicalização, técnica em piano popular do básico ao avançado, harmonia, arranjo e improvisação. Atuou também em produções, bandas de variados gêneros, acompanhou dezenas de artistas em shows e gravações e há cinco anos idealizou o Canal João Bemol, no Youtube, que conta com mais de 200 vídeos, 27 mil seguidores e aproximadamente 1 milhão e meio de visualizações.

 

Serviço:

Projeto “Música Semeando Conhecimentos”

Atividades nas escolas: de 1 a 12/08

Workshop Consciência Rítmica: dia 21/08, 10h – Parque do Cristo

Todas as atividades são gratuitas e abertas ao público

“Trouxe muita alegria”: o encantamento das crianças com o projeto ‘A Música Semeando Conhecimentos’

Contato com a música instrumental é realizado por meio de um workshow que vai percorrer 20 escolas de Araxá

Quando os alunos chegam a primeira reação é de surpresa. É que nos pátios, ginásios, salas e estacionamentos das escolas a sensação é de que um show está prestes a começar. O cenário muitas vezes tem uma Kombi no fundo, estrutura de som e luz. Quando todos se acomodam, começa a música e a conexão é imediata. Para a aniversariante Louise Victoria Botelho Galvão, de 9 anos, foi como um presente. “Eu achei muito legal porque trouxe muita alegria, a gente ficou muito feliz”, diz.

A intervenção com quatro músicos é interativa o tempo todo. Os estudantes das escolas públicas conhecem em detalhes os instrumentos, aprendem sobre os tempos e são convidados a tocar objetos improvisados na hora. De pratos e garrafas PET com milho logo saem música e muitos sorrisos. “Eu gostei muito de tocar com eles. Esse momento me passou felicidade, tranquilidade e a gente aprendeu a importância da música para nossa cultura, para nossa história”, conta Richard Caio Silva Vasconcelos, de 12 anos.

Aos poucos, o momento de descontração e diversão vai virando rotina nos quatro cantos da cidade. O projeto conta com apresentações nos dois turnos e tem encantado crianças, adolescentes e educadores por onde passa. “É importantíssima essa ação. Hoje as crianças vivem na internet, no celular e aqui elas conseguem sair desse mundinho e ir para o mundo da cultura. Tenho certeza de que pela música eles têm a oportunidade de ler, escrever melhor.  É um projeto maravilhoso, não pode parar”, elogia Leda Maria Amorim, diretora da AABB Comunidade.

Os músicos vão percorrer nesta etapa inicial 20 escolas da rede pública nas zonas urbana e rural de Araxá. A ação é realizada pelo grupo araxaense Tiago Martins Quarteto, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura e tem o patrocínio da CBMM.

Workshop

O projeto será encerrado com um workshop sobre consciência rítmica, aberto à comunidade. Os instrutores vão trabalhar temas como pulsação, ciclos rítmicos, contagens musicais, improvisação, prática de conjunto, escrita e composição, dentre outras habilidades.

A atividade será realizada no dia 21 de agosto a partir de 10h no Parque do Cristo. A entrada é gratuita.

Histórias inspiradoras

O cenário é um quarto de hospital. De um lado, uma mãe inexperiente, apreensiva com a saúde da filha. Do outro, um bebê que acabara de fazer uma cirurgia nos olhos e pegou uma infecção na UTI. Entre elas, a música. “Foi através da música que Yasmin conheceu a mãe e a vida. Eu colocava música instrumental, cantava baixinho. Foi a forma que encontrei de me conectar com a minha filha e apresentar o mundo para ela”, diz a técnica de enfermagem Elbe Raquel de Castro Rosa Silva.

Yasmin de Castro Rosa Silva nasceu sem as pálpebras. Com apenas três dias de vida, começava a luta em hospitais de Uberlândia e São Paulo para uma cirurgia de reconstrução. “Com sete dias ela passou pelo procedimento, mas ao fechar os olhos para lubrificar as córneas, ocorreu um ressecamento e os olhinhos foram perfurados. Havia só a opção de retirada dos olhos. A cirurgia aconteceu, mas ela acabou pegando uma infecção. Foram muitos dias de agonia, muita dor, mas também de muita esperança, fé e música”, relembra Elbe.

Foram muitas idas e vindas nos hospitais, mas elas: a mãe, a filha e a música; nunca se separaram. Com seis meses, Yasmin já tinha aulas de musicalização e logo deu sinais de uma conexão especial com os sons. “Com menos de um aninho ela tirava som da chupeta. Ela nunca chupou chupeta, usava só para tirar som e às vezes músicas infantis inteiras”, conta a mãe.

Com três anos Yasmin ganhou seu primeiro violão e nunca mais deixou de estudar música. Hoje, aos treze anos, toca cajon, pandeiro, teclado, violão, viola e está convencendo a mãe a comprar uma sanfona. “Quando ela não está na escola, está tocando algum instrumento. É por meio da música que ela se encontra e enxerga o mundo”, diz Elbe.

Tiago Martins Quarteto

O grupo Tiago Martins Quarteto é uma referência quando o assunto é a música brasileira e o Jazz Fusion. Composto por Tiago Martins, Jack Will, Erasmo Valeriano e Leo Santana; reflete a força dos talentos individuais formando um conjunto que externa grande conhecimento técnico e dons incríveis já aplaudidos pelos quatro cantos do país.

Formação:

Tiago Martins 

Guitarrista, violonista, professor e produtor, Tiago Martins é músico profissional desde os 17 anos e especializou-se no IG&T em Campinas (SP). É diretor da Nota Certa Escola de Música em Araxá e professor de guitarra desde 2008. Já se apresentou em grandes eventos como o Pixinga Bass Festival e tocou ao lado de nomes como Toninho Horta, Danilo Caymmi, Ney Conceição, Robertinho Silva, Eduardo Machado, Edu Ardanuy, Aquiles Faneco, André Nieri, Carlos Balla, Artur Maia, Dino Rangel Big Band, Ludy Rocha, Germano Soraggi, Emílio e Eduardo e Thaeme e Thiago. Em 2021 Tiago Martins foi o vencedor do concurso de Jazz e Blues de Tiradentes (MG), sendo uma das atrações do evento neste ano. São 23 anos ininterruptos de amor à música.

Jack Will

Jack Will é um músico uberlandense com fortes raízes afro-mineiras. Baterista e percussionista com graduação em Música pela UFU, atua profissionalmente há 18 anos em shows, gravações e aulas. Já tocou com vários músicos em diversos estados do Brasil e também em alguns países da Europa. Em 2022 vai lançar o seu primeiro álbum autoral celebrando a arte da música instrumental.

Erasmo Valeriano

Erasmo Valeriano é baixista e violonista. Atua profissionalmente há 17 anos em shows, gravações e aulas. Fez parte do corpo docente do curso técnico da Escola Municipal de Música Maestro Elias Porfírio de Azevedo, onde lecionou Harmonia, Percepção e Violão em Conjunto. Tocou com diversos artistas da cidade de Araxá e região, em várias cidades e estados brasileiros. Atualmente integra o Bejazz, grupo que existe há mais de quarenta anos na cidade.

Le Santana

Le Santana é multi-instrumentista, compositor, arranjador e professor de música. Atua majoritariamente como pianista e arranjador em shows e gravações de música instrumental e MPB. Sua abordagem compreende conexões entre a musicalidade dos regionalismos brasileiros e o seu piano jazzístico. Lançou em 2021 o seu primeiro álbum (Pytã) com 11 canções autorais.  Atua em diversos segmentos de educação musical como musicalização, técnica em piano popular do básico ao avançado, harmonia, arranjo e improvisação. Atuou também em produções, bandas de variados gêneros, acompanhou dezenas de artistas em shows e gravações e há cinco anos idealizou o Canal João Bemol, no Youtube, que conta com mais de 200 vídeos, 27 mil seguidores e aproximadamente 1 milhão e meio de visualizações.

 

Serviço:

Projeto “Música Semeando Conhecimentos”

Atividades nas escolas: de 1 a 12/08

Workshop Consciência Rítmica: dia 21/08, 10h – Parque do Cristo

Todas as atividades são gratuitas e abertas ao público

Move – Pilates

Mais notícias da Categoria Cultura

Prefeitura de Araxá firma convênio com Associação Vidança

Prefeitura de Araxá firma convênio com Associação Vidança

Portal Araxá 12/08/2022
“Teatro Digital nas Escolas” leva obras e técnicas do Teatro Digital a escolas públicas municipais de Araxá

“Teatro Digital nas Escolas” leva obras e técnicas do Teatro Digital a escolas públicas municipais de Araxá

Portal Araxá 11/08/2022
Escolas alteram programação de turmas para que mais estudantes participem do projeto Semeando Conhecimentos

Escolas alteram programação de turmas para que mais estudantes participem do projeto Semeando Conhecimentos

Portal Araxá 11/08/2022
“Teatro Digital nas Escolas” leva obras e técnicas do Teatro Digital a escolas públicas de Araxá

“Teatro Digital nas Escolas” leva obras e técnicas do Teatro Digital a escolas públicas de Araxá

Portal Araxá 10/08/2022
Apresentações da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais reuni mais de 3000 pessoas no teatro municipal

Apresentações da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais reuni mais de 3000 pessoas no teatro municipal

Portal Araxá 09/08/2022
Luiz Humberto França é eleito vice-presidente da ASALEMG

Luiz Humberto França é eleito vice-presidente da ASALEMG

Portal Araxá 05/08/2022