Formatura de adolescentes do Programa Casa do Pequeno Jardineiro
Educação

Formatura de adolescentes do Programa Casa do Pequeno Jardineiro

Formatura de adolescentes do Programa Casa do Pequeno Jardineiro

O projeto de referência, representa uma proposta motivacional que oferece inserção social e qualificação profissional para 130 jovens por ano, em Arax.

Noite de comemoração e expectativas na formatura dos 65 adolescentes que concluíram a 1ª Turma de 2018, do Programa Casa do Pequeno Jardineiro- Projeto Semear Cidadania. Depois de seis meses eles encerram a participação neste que é um Projeto de Referência na área da assistência social da cidade. Atende famílias e jovens em vulnerabilidade social, que estejam matriculados e frequentes na rede escolar. A formatura foi prestigiada por autoridades, convidados, imprensa e familiares.

Em 3 anos da Administração Municipal já foram atendidos em média 300 adolescentes, de 14 e 17 anos de ambos os sexos. Depois de participarem do Programa, 50% dos adolescentes são encaminhados para o mercado de trabalho ou para cursos profissionalizantes. Os jovens são acompanhados por equipe qualificada que repassa informações práticas e teóricas através de oficinas de produção de mudas, beneficiamento de sementes e de educação ambiental. Eles também participam de atividades socioeducativas, de cidadania, esportes e arte.

O prefeito Aracely destaca que é importante investir nos jovens e dar a eles uma opção de vida. “Quando eles lidam com a terra, com a semente, com as árvores estão realmente se encontrando. É de uma felicidade muito grande a implantação desse programa e vamos trabalhar para que ele possa oferecer mais oportunidades para os nossos jovens, é um projeto extraordinário”.

O Programa é financiado pelo Fundo Municipal dos Direitos da Criança e Adolescente, com a coordenação da Secretaria Municipal de Ação e Promoção Social. Para o secretário Moisés Pereira Cunha, trata-se de uma iniciativa que alia ás técnicas ambientais e leva renda para as famílias. São adolescentes de famílias vulneráveis e são capitaneados pelos psicólogos e assistentes sociais que trabalham nas diversas unidades das periferias de Araxá. “A transformação está em ensiná-los quem existe o mundo do mercado de trabalho, que não precisa ir para o tráfico, que há muitas oportunidades na vida, orientamos até sobre controle de dinheiro”.

O estudante Rauan Serafim, tem 15 anos, mora no bairro Padre Alaor, cursa o 9º ano na E. E. Padre Anacleto. “Foi muito importante para mim, aprendi sobre jardinagem que eu nunca tinha conhecido, tenho certeza que todos gostaram e vão sentir saudades. Fiz amizades que vou levar para o resto da vida, adorei participar do Programa”.

A coordenadora, Edna Resende Campos, destaca que além do conhecimento e aprendizado adquirido, os jovens recebem uma proposta motivacional através de benefícios, como o bolsa aprendizado de meio salário mínimo; alimentação, vale transporte, atendimento psicológico e assistência social, acompanhamento escolar com psicopedagoga, atividades práticas de campo, inserção no mercado de trabalho e encaminhamento para cursos profissionalizantes.

Edna ressalta que os resultados esperados são visivelmente alcançados, como aumento da autoestima e fortalecimento dos vínculos familiares. “O Programa faz um trabalho preventivo, contribui para a melhoria da qualidade de vida das famílias e para a profissionalização dos adolescentes. Hoje foi de agradecer aos que estão formando e dar boas vindas aos jovens que estão começando”.

A adolescente Ana Vitória da Silva Fonseca, tem 15 anos, estuda no CAIC e mora no Pão de Açúcar III. Para ela participar do Programa representou família. “A gente se sente em casa, eu não conhecia nada de jardinagem, aprendi tudo na Casa do Pequeno Jardineiro e agora decidi fazer faculdade de Engenharia Agrônoma. Para quem está começando eu digo para pegar firme, é um lugar muito bom, quando termina a gente não quer sair”.

Catuíra Silva Moura, mora no bairro Fertiza é mãe do aluno Lucas Gabriel dos Reis, de 15 anos, que cursa o 8º ano na E. E. Vasco Santos. Ela conta que o Programa Casa do Pequeno Jardineiro é um grande família, representa ajuda socioeconômica muito importante para as famílias, ajuda a evitar que os jovens busquem o caminho das drogas, traz dignidade, amor próprio. “Meu filho teve apoio total de psicólogos e de todos a equipe, houve uma mudança completa na vida dele. É um ótimo programa”.

Educação

Mais notícias da Categoria Educação

Com nota baixa no Ideb, Minas tenta melhorar ensino e diminuir evasão escolar

Com nota baixa no Ideb, Minas tenta melhorar ensino e diminuir evasão escolar

Portal Araxá 20/09/2019
Programa de reforço escolar vai atender mais de 114 mil alunos da rede estadual

Programa de reforço escolar vai atender mais de 114 mil alunos da rede estadual

Portal Araxá 18/09/2019
MEC avisa que verba de universidades vai seguir ranking: veja posição das mineiras

MEC avisa que verba de universidades vai seguir ranking: veja posição das mineiras

Portal Araxá 17/09/2019
Projeto Restaurando Sonhos qualifica jovens em Araxá

Projeto Restaurando Sonhos qualifica jovens em Araxá

Portal Araxá 13/09/2019
Escolas públicas superam colégios privados na Olimpíada Digital de Matemática

Escolas públicas superam colégios privados na Olimpíada Digital de Matemática

Portal Araxá 09/09/2019
Projeto Geladeira Literária é implantado no Parque do Cristo com o apoio da Prefeitura

Projeto Geladeira Literária é implantado no Parque do Cristo com o apoio da Prefeitura

Portal Araxá 22/08/2019