IMA vai fiscalizar cerca de 800 propriedades produtoras de soja
Rural

IMA vai fiscalizar cerca de 800 propriedades produtoras de soja

IMA vai fiscalizar cerca de 800 propriedades produtoras de soja

Durante o vazio sanitário, fica proibido o cultivo da planta em todo o território mineiro

Começou nesta segunda-feira (1/7) e prossegue até 15 de setembro o período do vazio sanitário da soja em todo o estado. A partir deste ano, a fiscalização terá 77 dias, conforme mudança oficializada pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), vinculado à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa). O novo prazo foi uma solicitação do setor produtivo da soja, que agora ganha mais tempo para o plantio. Anteriormente, o vazio era de 90 dias.

Durante o vazio sanitário da soja, fica proibido o cultivo da planta. O IMA estima fiscalizar, em 2019, aproximadamente 800 propriedades em todo o estado, principalmente nas regiões Noroeste, Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, que concentram o maior volume de produção do grão. As fiscalizações serão frequentes também nas áreas de abrangência das coordenadorias regionais do IMA em Montes Claros, Passos, Oliveira e Varginha.

O fiscal agropecuário do IMA, o engenheiro agrônomo Wagner Machado, explica que, no período em que vigora o vazio sanitário as propriedades, ficam livres dos hospedeiros (plantas de soja), diminuindo a incidência da praga na próxima safra.

No período de fiscalização, ao constatar a presença da planta na propriedade, o IMA notifica o produtor para fazer a sua erradicação em até 10 dias. No retorno após esse prazo, caso a plantação não tenha sido eliminada, o produtor estará sujeito a multa de 1,5 mil Unidades Fiscais do Estado de Minas Gerais (Ufemgs), o equivalente a R$ 5.389,80.

O vazio sanitário da soja foi instituído em 2007 e está normatizado pela Resolução nº 1.393/2015 da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa).

O objetivo é prevenir e controlar a ferrugem asiática, doença causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi, que destrói as plantas infectadas com prejuízos para os produtores em até 80%, causando impacto negativo para a economia e para o abastecimento do mercado.

Soja no estado

Minas Gerais ocupa a sexta posição no ranking nacional de produção de soja, com previsão de 5 milhões de toneladas para este ano, em uma área de 1,6 milhão de hectares, de acordo com a Seapa.

Crédito (foto): Divulgação/IMA

Rural

Mais notícias da Categoria Rural

IMA abre inscrições para processo seletivo de veterinários e agrônomos

IMA abre inscrições para processo seletivo de veterinários e agrônomos

Portal Araxá 05/09/2019
Epamig busca alternativas para controle da broca-do-tronco do pequizeiro

Epamig busca alternativas para controle da broca-do-tronco do pequizeiro

Portal Araxá 01/08/2019
Prefeitura amplia atendimento em saúde, segurança, educação e outros setores, com o projeto Conexão Rural

Prefeitura amplia atendimento em saúde, segurança, educação e outros setores, com o projeto Conexão Rural

Portal Araxá 29/07/2019
Agricultura Familiar avança com políticas públicas de incentivo ao produtor

Agricultura Familiar avança com políticas públicas de incentivo ao produtor

Portal Araxá 26/07/2019
Estão abertas as inscrições para o Seminário dos Queijos Artesanais de Minas Gerais

Estão abertas as inscrições para o Seminário dos Queijos Artesanais de Minas Gerais

Portal Araxá 22/07/2019
Secretaria de Desenvolvimento Rural recupera estrada da região do Tamanduá

Secretaria de Desenvolvimento Rural recupera estrada da região do Tamanduá

Portal Araxá 19/07/2019