IMA vai fiscalizar cerca de 800 propriedades produtoras de soja
Rural

IMA vai fiscalizar cerca de 800 propriedades produtoras de soja

IMA vai fiscalizar cerca de 800 propriedades produtoras de soja

Durante o vazio sanitário, fica proibido o cultivo da planta em todo o território mineiro

Começou nesta segunda-feira (1/7) e prossegue até 15 de setembro o período do vazio sanitário da soja em todo o estado. A partir deste ano, a fiscalização terá 77 dias, conforme mudança oficializada pelo Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), vinculado à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa). O novo prazo foi uma solicitação do setor produtivo da soja, que agora ganha mais tempo para o plantio. Anteriormente, o vazio era de 90 dias.

Durante o vazio sanitário da soja, fica proibido o cultivo da planta. O IMA estima fiscalizar, em 2019, aproximadamente 800 propriedades em todo o estado, principalmente nas regiões Noroeste, Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba, que concentram o maior volume de produção do grão. As fiscalizações serão frequentes também nas áreas de abrangência das coordenadorias regionais do IMA em Montes Claros, Passos, Oliveira e Varginha.

O fiscal agropecuário do IMA, o engenheiro agrônomo Wagner Machado, explica que, no período em que vigora o vazio sanitário as propriedades, ficam livres dos hospedeiros (plantas de soja), diminuindo a incidência da praga na próxima safra.

No período de fiscalização, ao constatar a presença da planta na propriedade, o IMA notifica o produtor para fazer a sua erradicação em até 10 dias. No retorno após esse prazo, caso a plantação não tenha sido eliminada, o produtor estará sujeito a multa de 1,5 mil Unidades Fiscais do Estado de Minas Gerais (Ufemgs), o equivalente a R$ 5.389,80.

O vazio sanitário da soja foi instituído em 2007 e está normatizado pela Resolução nº 1.393/2015 da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa).

O objetivo é prevenir e controlar a ferrugem asiática, doença causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi, que destrói as plantas infectadas com prejuízos para os produtores em até 80%, causando impacto negativo para a economia e para o abastecimento do mercado.

Soja no estado

Minas Gerais ocupa a sexta posição no ranking nacional de produção de soja, com previsão de 5 milhões de toneladas para este ano, em uma área de 1,6 milhão de hectares, de acordo com a Seapa.

Crédito (foto): Divulgação/IMA

Rural

Mais notícias da Categoria Rural

Produtores rurais prejudicados pelas chuvas terão empréstimos bancários prorrogados

Produtores rurais prejudicados pelas chuvas terão empréstimos bancários prorrogados

Portal Araxá 05/02/2020
Pronaf terá mais R$ 1 bi para investimento em agricultura familiar

Pronaf terá mais R$ 1 bi para investimento em agricultura familiar

Portal Araxá 03/02/2020
Governo modifica regras de licenciamento ambiental com benefícios para pequeno produtor

Governo modifica regras de licenciamento ambiental com benefícios para pequeno produtor

Portal Araxá 10/01/2020
Produtores do Sul de Minas utilizam plataforma digital para exportar café

Produtores do Sul de Minas utilizam plataforma digital para exportar café

Portal Araxá 02/01/2020
Produtores de lúpulo de Araxá-MG, ficam em primeiro lugar em evento nacional

Produtores de lúpulo de Araxá-MG, ficam em primeiro lugar em evento nacional

Portal Araxá 06/12/2019
Instalada em Araxá a Delegacia Rural

Instalada em Araxá a Delegacia Rural

Portal Araxá 08/11/2019