Programação infantojuvenil traz novidades para todos os gostos
Cultura

Programação infantojuvenil traz novidades para todos os gostos

Programação infantojuvenil traz novidades para todos os gostos

A elaboração da programação infantojuvenil deste ano teve algumas diferenças. Umas delas são ações executadas no pré-Fliaraxá. A visitação dos autores que visitavam as escolas na semana anterior ao evento será apenas no dia 19 de junho, um dia antes da realização do festival. “Eles vão conversar com os alunos e os professores, contar histórias, conhecer o que foi lido o produzido nas escolas”, explica Leo Cunha sobre o processo de organização.

Durante o período do Fliaraxá, mais especificamente de 19 a 23 de junho, a meninada que comparecer vai aproveitar bate-papos com os autores, mesa redonda, muita contação de história, saraus com música, poesia e brincadeiras. “E teremos também autores de literatura infantil conversando com professores, pais e demais interessados, sobre temas importantes como leitura, fantasia, imaginação, contos e recintos”, conta Leo Cunha. Ele conta ainda como foi o processo de escolha dos convidados para esta edição. “Eu escolhi autores importantes e premiados da nossa literatura infantil”.

Alguns deles são Alexandre Rampazo, que acabou de receber o Troféu Monteiro Lobato de literatura infantil e o Prêmio da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil, Luiz Antônio, que tem mais de 100 obras publicadas, e Pedro Bandeira, recordista de vendas. Leo Cunha teve o cuidado de selecionar escritores de origens distintas como do Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia, Minas Gerais e Brasília.  “Vários autores de literatura infantil estão vindo ao Fli pela primeira vez, como Luiz Antônio Aguiar, Alexandre Rampazo, Alessandra Roscoe. E outros estão retornando, como Pedro Bandeira, Marco Haurélio, Tiago de Melo Andrade, Fernanda Oliveira”, completa Leo Cunha.

Sarau, contação de história, conversa com escritores e bate-papo. Tudo isso faz parte da programação infantojuvenil do Fliaraxá 2019. Ela foi pensada pelo escritor, tradutor e jornalista brasileiro Leo Cunha. O autor já publicou mais de 50 livros infantis e juvenis, cinco livros de crônicas e traduções. Além de escritor, ele é curador da programação infantojuvenil do Fliaraxá pela terceira vez. Para ele, trata-se de um trabalho prazeroso e também desafiador, pois a intenção é sempre trazer novidades para o evento e retomar o que vem dando certo ao longo dos anos.

[fbcomments]
EAD UNIARAXÁ
Cultura

Mais notícias da Categoria Cultura

VIII Fliaraxá recebe mais de 30 mil pessoas

VIII Fliaraxá recebe mais de 30 mil pessoas

Portal Araxá 25/06/2019
Fliaraxá apoiado pela Prefeitura movimentou a economia da cidade

Fliaraxá apoiado pela Prefeitura movimentou a economia da cidade

Portal Araxá 25/06/2019
Todos querem ser Valter Hugo Mãe

Todos querem ser Valter Hugo Mãe

Portal Araxá 24/06/2019
Conceição Evaristo, Agualusa e o sentimento do mundo

Conceição Evaristo, Agualusa e o sentimento do mundo

Portal Araxá 24/06/2019
Maria Valéria Rezende: “Não tenho nada a perder aos 76 anos”

Maria Valéria Rezende: “Não tenho nada a perder aos 76 anos”

Portal Araxá 24/06/2019
Ator se multiplica e vira “Thiago de Assis Mãe” no Fliaraxá

Ator se multiplica e vira “Thiago de Assis Mãe” no Fliaraxá

Portal Araxá 22/06/2019